31 de jul de 2009

DICAS PARA QUEM QUER CONHECER AS RUAS ESPECIALIZADAS DE SÃO PAULO


São Paulo é uma cidade poluída, barulhenta e de trânsito interminável. É também a cidade do corre-corre, onde todos vivem às pressas. A miséria e a criminalidade estão por todos os lados, é difícil escapar. Mas a mesma cidade caótica e, por vezes, apocalíptica, possui uma vida cultural intensa e um comércio vibrante. É a cidade com maior número de agências bancárias, shoppings e ruas comerciais do Brasil. É também a cidade das ruas especializadas.
São mais de 30 corredores temáticos, espalhados principalmente pelas regiões da Paulista, Jardins, Pinheiros, Saúde e Centro. Alguns, são especializados em máquinas e equipamentos; outros, em moda feminina. Alguns tem a venda de luminárias, como atração principal; outros, vendem principalmente produtos orientais.
A lista das principais ruas especializadas que eu elaborei depois de pesquisar muito em campo (e navegar na internet, obviamente), inclui principalmente as ruas do Centro e da região da avenida Paulista, cujo acesso é mais fácil, principalmente para quem vem de outras cidades e depende um bocado do transporte público.

Rua da Consolação - São mais de 40 estabelecimentos especializados na venda de LUSTRES e LUMINÁRIAS. A primeira casa do ramo a surgir na região foi a Bobadilha, que vende luminárias desde 1951. A maior loja do setor é a Lustres Yamamura, que é, talvez, a maior loja do setor do Brasil. A quantidade de lustres é tão grande que o comprador (ou turista) sai de lá com o pescoço dolorido.
Um dica legal: se puder, visite o Cemitério da Consolação (veja o texto sobre cemitérios) e a avenida Paulista, que ficam a poucos metros dali.

Rua Galvão Bueno – Conhecida rua da Liberdade, a Galvão Bueno é especializada na venda de PRODUTOS ORIENTAIS. Nela, o visitante pode comprar produtos de origem vietnamita, coreana, chinesa e, principalmente, japonesa. As lojas mais conhecidas são Hime-Ya, Casa Kioto e Casa Bueno. Famosa pela venda de cosméticos, a Ikesaki oferece inúmeros produtos da marca japonesa Shiseido. Brinquedos e artigos de papelaria importados podem ser adquiridos nas galerias do bairro. Os restaurantes de cozinha oriental são uma atração à parte (veja o link sobre a Liberdade). Nos finais de semana, há uma feira de artesanato e comidas típicas na Praça da Liberdade, em frente a agência do Banco Bradesco.
Uma dica legal: compre um delicioso sorvete Melona e vá conhecer a praça e a Catedral da Sé, que ficam a poucos metros dali.

Rua 25 de Março – Nove de cada dez turistas brasileiros que pretendem vir a São Paulo desejam conhecer a 25 de Março. Especializada em PRESENTES e ENFEITES DE NATAL, a 25 de Março vende de quase tudo. Ela é, na verdade, um mega-hiper bazar a céu aberto. Um dos melhores lugares para comprar presentes baratinhos (as chamadas lembrancinhas), é a loja Minas. A Free Free vende artigos de decoração muito bonitos. Uma das melhores lojas é a Katmandu, com produtos oriundos da Índia, Nepal e Bali. Enfeites de Natal, há em todos os lugares. Eles começam a ser vendidos em setembro. Uma das melhores lojas de enfeites é a Palácio, quase na esquina com a Ladeira Porto Geral.
Dica legal: não deixe de conhecer a Ladeira Porto Geral com suas lojas de fantasias. Vá também ao Mercado da Cantareira (ou Mercado Municipal) e experimente os famosos pão com mortadela e pastel de bacalhau. Atrações como o Pátio do Colégio e Largo São Bento também ficam a poucos metros da 25.

Rua Florêncio de Abreu – Apesar de ficar ao lado da 25 de Março, a Florêncio de Abreu é bem menos movimentada. Quase todas as lojas vendem MÁQUINAS e FERRAMENTAS. Do parafuso ao soldador, do prego à mangueira de alta pressão, do alicate à máquina industrial, a Florêncio oferece quase tudo que você possa imaginar em matérias de ferramentas.
Dica legal: ela é paralela à 25 de Março. Precisa dizer mais alguma coisa? Sim, começa no Largo São Bento e fica pertinho da Santa Ifigênia.

Rua Santa Ifigênia – Ela é uma festa. Que o digam os DJs, donos de casas de shows e animadores musicais. A Santa Ifigênia é especializada em APARELHOS ELETRÔNICOS e PRODUTOS PARA SHOWS. A maioria das lojas vende produtos eletrônicos, mas boa parte oferece canhões de luz, globos espelhados, caixas de som, microfones e… se você quiser, dá para comprar os instrumentos em frente à igreja local. São mais de 500 lojas e boxes. Pessoas que trabalham com montagem de micros e com informática costumam se abastecer lá. O mair problema são os produtos falsificados e os ambulantes, que oferecem montanhas de vídeos, games e softwares nas calçadas.
Dica legal: Se o seu negócio é música, conheça a Galeria do Rock, que fica a poucos metros dali. O Vale do Anhangabaú e o Museu da Língua Portuguesa também não ficam muito longe.

Rua José Paulino – Quer ficar por dentro da MODA FEMININA? Conheça a José Paulino. Quer ficar por dentro das últimas tendências em Milão, Nova York, Tóquio e Seul? Vá para a José Paulino. Quer conhecer as tendências da próxima estação? José Paulino. Quer conhecer um ponto comercial com lojas coloridas e belas vitrines? José Paulino. Mas, se se o seu negócio é comprar roupas para revender em sua cidade. José Paulino.
Dica Legal: Museu da Língua Portuguesa, Estação da Luz, Pinacoteca do Estado, Parque da Luz, Museu de Arte Sacra e Sala São Paulo ficam a poucos metros da José Paulino. Uma boa idéia para quem quer unir turismo e compras.

R. Maria Marcolina – Localizada no Brás, a Maria Marcolina é especializada em ENXOVAIS. A quantidade de lojas de roupas de cama, mesa e banho é impressionante. Idem para o número de lojas de roupas. O interessante é que a região do Brás parece dividida entre ruas de roupas masculinas, moda feminina e assim por diante. Uma delas, vende quase que exclusivamente meias e lingeries.
Dica: Conheça a rua Muller, endereço com lojas idênticas (até as fachadas são parecidas) às da José Paulino. Um ótimo local para ficar por dentro da moda feminine, das tendências das grandes capitais mundiais e da moda da próxima estação.

Ruas Oscar Freire e Haddock Lobo – O que atrai gente para Oscar Freire, Haddock Lobo e vizinhanças (incluindo o shopping Iguatemi, na avenida Faria Lima) são as lojas de PRODUTOS DE ALTO LUXO. São tantas lojas de grife que o visitante tem a impressão de estar em um país de primeiro mundo. Jóias, relógios, acessórios, roupas e comida sofisticadas atraem compradores e gente elegante de quase todo o país. Guess, Diesel, Tommy Hilfiger, H. Stern, Bulgari, Giorgio Armani, Louis Vuitton, Versace, Marc Jacobs e Cartier são apenas algumas das lojas do local. Há também bons e caros restaurantes. Recentemente, a Oscar Freire sofreu uma intervenção urbanística que aterrou fios, restaurou as calçadas e padrozinou o mobiliários urbano, tornando-a uma rua mais atraente.
Dica: alguns endereços vizinhos como Alameda Santos, Alameda Lorena, Rua da Consolação (trecho Jardins) e Rua Augusta também possuem bares, restaurantes e lojas sofisticadas e elegantes, embora nenhuma chegue perto da Oscar Freire de uma Louis Vuitton. As avenidas Paulista e Faria Lima também não ficam longe.

Outros endereços especializados:
Praça João Mendes: sebos
Rua da Cantareira: embalagens e papéis de presente
Rua Silveira Martins: essências e material para perfumarias
Av. Duque de Caxias: acessórios automotivos
Avenida São Luís: agências de viagens
Avenida Tiradentes: fardas e uniformes
Avenida Senador Queirós: óculos e armações
Rua Marquês de Itú: acessórios para artistas (telas, tintas, pincéis etc)
Rua do Gasômetro: madeira e material para marcenaria
Rua Paula de Souza: utensílios de cozinha
Rua Teodoro Sampaio: móveis e instrumentos musicais
Alameda Gabriel Monteiro da Silva: decoração
Avenida Europa: carros de luxo
Avenida do Cursino: acessórios para automóveis
Rua São Caetano: vestidos de noiva e roupas de casamento
Rua Cardeal Arcoverde: antiquários e móveis rústicos
Rua Melo Alves: artigos infantis

2 comentários:

  1. Maravilhosa as suas dicas.Parabéns!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Perto da Av Paulista há uma rua onde se vende lustres e pendentes? Pode me dizer onde fica?

    ResponderExcluir